Enquete sobre Tiro Esportivo – Votem

by

Segue abaixo uma enquete sobre o Projeto do Deputado Florisvaldo Fier, onde ele quer proibir que menores de 18 anos participem de aulas, treinamentos ou qualquer atividade dentro de um estande de tiro.

Isso é típico de quem tenta legislar sobre algo que não entende, com projetos absurdos. Isso é o mesmo que proibir aulas sobre trânsito nas escolas.

Sempre é melhor educar do que proibir, mas parece que estes “Deputados” não entendem.

De qualquer forma temos que mostrar que temos força e que não vamos deixar isso passar batido.

Segue o link para votarem, não deixem de participar, pois isso atinge a todos nós.

Enquete do Click RBS

Segue abaixo uma matéria veículada no site do Jornal de Santa Catarina
Fonte: Site do Jornal de Santa Catarina
Link da Matéria: http://www.clicrbs.com.br/especial/sc/jsc/19,6,3624599,Projeto-de-lei-quer-proibir-adolescentes-de-participar-de-aulas-de-tiro.html

Projeto de lei quer proibir adolescentes de participar de aulas de tiro

Um projeto de lei que proíbe e participação de crianças e adolescentes em práticas de tiro tem revoltado integrantes da modalidade do Vale do Itajaí. A proposta, de autoria do deputado Florisvaldo Fier (PT-PR), tramita na Câmara e estabelece pena de três a seis anos para diretores, gerentes e funcionários de clubes, academias ou outros locais que aceitarem menores, mesmo acompanhados, nas aulas.

O deputado alega que “a admissão indiscriminada de crianças e adolescentes pode gerar situações perigosas para a sociedade, como potenciais delinquentes e até candidatos a terroristas treinados.” Se aprovado, o projeto alteraria o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e o Estatuto do Desarmamento.

Diretor da modalidade carabina apoiada da Federação Catarinense de Caça e Tiro esportivo, Antônio de Andrade questiona como os atletas irão se formar no esporte, já que a preparação para um atirador profissional leva, em média, oito anos.

— O Brasil sempre teve bom desempenho no tiro, e nunca ouvi falar que qualquer desses atiradores tenha matado alguém. Pelo contrário, são pessoas calmas, educadas e que sempre tiveram apoio da família — contesta.

Presidente da Associação dos Clubes de Caça e Tiro de Blumenau, Moacyr Flor considera estranha a proposta do deputado. Ele explica que o tiro é uma tradição mantida desde as primeiras gerações que chegaram cidade. Em Blumenau, o primeiro Clube de Caça e Tiro, ou Schützenverein, foi fundado em 1859. Atualmente, pelo menos cinco clubes têm a prática do tiro ativas: Garcia-Jordão, Velha Central, Itoupavazinha, Testo Salto e 1º de Janeiro.

O autor da proposta admite que ao apresentá-la não lembrou dos jogos que usam armas. Por este motivo, alega que exceções serão acrescentadas para não prejudicar quem pratica o esporte. Segundo ele, a intenção do projeto é impedir o aumento da criminalidade entre jovens.

— Não quero impedir quem participa desta modalidade. A preocupação é quanto a lugares obscuros que fazem treinamento com armas, onde qualquer pessoa aprende a matar. Os autores de crimes estão cada vez mais novos. É preciso dificultar o acesso deles a esses lugares — declara o deputado.

O projeto de lei será analisado pelas comissões de Turismo e Desporto, de Seguridade Social e Família, de Constituição e Justiça e de Cidadania, antes de ser votada pelo Plenário.

Anúncios

Tags: ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: